‘Contos do Amanhã’: ficção científica brasileira chega aos cinemas dia 9

Filme promete mesclar o mundo futurístico de 2165, com o passado de 1999.

Cada vez mais o cinema brasileiro vem aprimorando suas produções, deixando de ter como foco, acima de tudo, comédias que agradam todos os públicos. Nosso país é a maior potência mundial em novelas, com tramas que arrebatam milhões de espectadores ao redor do planeta, em contrapartida, chegou a vez de passear pelo universo das telinhas com gêneros pouco explorados, como ‘Contos do Amanhã’.

Agora, a data de estreia já foi confirmada: 9 de dezembro, e poderá ser visto em circuito comercial nas principais capitais do Brasil. Ou seja, quanto mais o lançamento se aproxima, mais a ansiedade aumenta. Entretanto, qual é a história do longa?

‘Contos do Amanhã’ se passa em 2165, quando a cidade-estado Porto-01, o último reduto humano, entra em guerra após o sequestro de Michele Medeiros. Todavia, no ano de 1999, o jovem Jeferson começa a receber misteriosos e intrigantes áudios do futuro. Sendo assim, haverá uma conexão entre duas épocas bem distintas, separadas por um século.

Cartaz d divulgação de Contos do Amanhã.
Pôster promocional. (Imagem: Divulgação/ Apostila de Cinema)

Vale destacar, sobretudo, que a estreia casa com a comemoração do Dia da Ficção Científica Brasileira, em 11 de dezembro. O dia foi escolhido, também, para homenagear o escritor Jeronymo Monteiro (1908-1970), considerado o pai do gênero em solo brasileiro, que nasceu no dia 8 do último mês do ano. Com roteiro e direção de Pedro de Lima Marques, a obra conta com Duda Andreazza, Bruno Krieger, Anderson Vieira, Simone Telecchi, dentre outros super atores.

‘Contos do Amanhã’ tem como referência animes e filmes mundialmente aclamados

Em 18 de novembro, divulgaram nas mídias digitais o trailer de ‘Contos do Amanhã’, recheado de efeitos fascinantes. Além disso, o vídeo também mostra diversos festivais por onde o título já passou, incluindo o ‘Brooklyn SciFi Film Festival 2021’ e ‘Festival de Cinema de Gramado’. Confira:

“Tenho a intenção de propor um caminho narrativo e estético diferente – que viabilize novos universos”, diz Pedro de Lima Marques. Entre as referências para a criação do filme, o cineasta citou três pontos: ‘Akira’ e ‘Ghost in the Shell’, desenhos japoneses, e a saga ‘Matrix’. “Podemos criar mundos novos. Não é um monopólio do estrangeiro”, acrescenta. “E pode ser da nossa forma, do nosso jeito”, conclui.

A princípio, Jeferson não precisa lidar apenas com as mensagens do futuro, que endossam o enredo de ‘Contos do Amanhã’, mas sim, com a internet discada da época, seus romances fracassados, a mãe super-protetora e outros dilemas que qualquer adolescente enfrenta. “O nosso desafio é construir um cinema brasileiro de ficção científica – um cinema acessível e que dialogue com o público e fãs do gênero”, explicou a produtora Daniela Israel.

Momento tenso em Contos do Amanhã.
Uma das cenas do longa. (Imagem: Reprodução)

Em processo de produção desde 2014, o filme teve financiamento do Fumproarte da Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre. Então, só nos resta aguardar mais alguns dias até que ‘Contos do Amanhã’ finalmente faça sua estreia. Para ficar por dentro de tudo que acontece no universo do cinema, séries e streamings, acompanhe o Cinepoca também pelo Facebook e Instagram!

Mais lidas

Veja também